segunda-feira, 31 de outubro de 2011

ESCÂNDALO: prefeito de João Pessoa CONTRATA busão ao preço de quase 600 mil reais HA HA HA

A prefeitura de João Pessoa alugou um BUSÃO no valor de R$ 559. 200,00 (quinhetos e cinquenta e nove mil e duzentos reais). Achou alto demais o valor? Pois é... Parece que os gestores do PSB adoram TORRAR a grana do povo. Veja abaixo os detalhes do ALUGUEL HIPER-MEGA-ULTRA-SUPER faturado. Tenho dito!!!!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


Ricardo Coutinho ARROCHAVA o pobre enquanto CHEIRAVA a "lata" do Rico HA HA HA

Quando o governo do Estado, na pessoa do senhor governador Ricardo Coutinho (PSB) empreendia a sua POLÍTICA fiscal arrochando e demitindo a toque de caixa funcionários do Estado - é certo, contratados! e muitos comissionados da gestão passada - também empreendia um discurso que se pretendia arrochado como fazia com as finanças do Estado a fim de que se pudesse atingir o limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF -. O fato é que enquanto Ricardo e seus secretários esforçavam-se para demonstrar o INDEMONSTRÁVEL o SAGRES registrava os gastos do governo. Gasto que não são diminutos, pequenos, irrisórios. Para um Estado que passa/va/ou naqueles momentos por dificuldades TERRÍVEIS revela, pois, através do SAGRES que o discurso não consegue mais sustentar a realidade, a prática. O governo do Estado enquanto arrochava e demitia TORRAVA do erário público, enorme gastanças com DIÁRIAS, mais de 1 milhão de reais: de janeiro a agosto. Percebe-se que, deste modo, todo o gigantesco esforço do governo do Estado para demonstrar um Estado pobre e atolado, na verdade, não era bem assim como pintado. Se passava por dificuldades, mas tais dificuldades não eram tão grandes como pretendia o discurso da miséria instituído pelo governo. Abaixo, acompanhe os gastos do governo com DIÁRIAS. Tenho dito!

*ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


domingo, 30 de outubro de 2011

COZINHA DO JOÃO: quanto você acha que gastei pra fazer este prato? HA HA HA


Arroz Laudicéa, batata souté, camarão ao alho e azeite com um segredinho não revelável... QUANTO? 

R$: 5 reais!!!!!!
No restaurante: 14 reais HA HA HA HA HA

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Hetero-viado, namoro é gay mas relação é heterossexual, macho-passivo, a confusão e o além

Então, fui à casa de um amigo, na verdade, uma república universitária aqui em Jampa. 4 rapazes dos quais: um é hetero-viado, o tipo rambo, 2 eram namorados, tinham um namoro gay, mas o fundamento da relação era heterossexual e o outro, evidente, meu colega que se não for uma travesti pratica a arte de montar-se (vestir-se com roupas femininas). Estava armada a confusão. Bom, eu já não me assusto com nada. O hetero-viado explicava, profundamente, o por quê de ser um hetero-viado: "Não preciso abonecar: dou a bunda, mas com muita virilidade, sou macho" - natural que seja assim! -. Já o casal de namorados explicou-me como é que funciona o tal namoro: autoproclamavam-se homens, gays, resolvidos, mas os valores da sua relação estavam baseados nos valores heterossexuais da masculinidade, da moral, dos bons costumes. Pois é, nada de afrescalhação, afeminamento, nada de viadagem, de canecagem. Um namoro hetero-gay deve pautar-se pelo respeito às famílias, aos homens, principalmente. O casal é estudante de Ciências Biológicas: "Pensei cá comigo: tava explicado". O que sobrou, portanto, o meu amigo não quis dizer que se montava, que virava travesti à noite. Quer dizer, às vezes gostava de botar uma calcinha e subir na cama, fazer os gostos a um meninote que chama de amante e o apelida de cavalão - tem razão para tanto! -. Atônito? Que nada... Eu já sabia. Hoje em dia não é nenhum sacrifício a um machão retrô, o velho heterossexual, pôr uma tanguinha linha 10 para o namorado deliciar-se; é menos ainda surpreendente dois homens gays viverem de acordo com os cânones da velha heterossexualidade: afinal, os gays normalizaram-se tanto que adoeceram os heterossexuais menos progressistas. Os novos arranjos, as novas tipologias é que, aparentemente, assustam, mas procurando entendê-las, percebe-se, são as mesmas relações de cara nova. As brigas, as intrigas, as confusões, o tarado, o maníaco, o bundão, o otário, o crente, o infeliz, o romântico... A vida moderna só exige uma coisa: reflexão. Cá pra nós... Será que por trás de toda aquela virilidade do casal gay tem espaço para os paetês e as tanguinhas linha 10 que o Everardo, meu amigo, usa para ser cavalgado por seu 'cavalão'? Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

A vida, os chatos, os agoniados, os médicos, o inferno e o resto que se tore

Viver se transformou numa des-aventura. Mais do que numa des-aventura um convite à transgressão. Senão, vejamos: fumar não pode; trepar só pouco, comer lasanha, frituras e todo tipo de gordura tudo isto e muito mais, expressamente, proibidos; fazer piada de bicha, negros, velhos, gordos, professores, juízes, promotores, advogados, também não pode; sacanear o professor universitário com título de doutorado nem pensar; ir a um barzinho jogar conversa fora em companhia de amigos é um risco que se assume; zoar a cara de marxistas, de foucaultistas, chamar a vizinha do 512 de rapariga lascada não pode; dizer que os crentes são todos noiados não pode. Bom, então, o que nos resta? Do começo, assim: comer acelga, salmão e um pingo de limão na salada; usar sempre camisinha no pau ou na bocetinha da mina, afinal, procriar não pode, ser aidético (politicamente correto é dizer: pessoa convivendo com aids), então, nem pensar; faça piada das cebolas, dos cachorros-loucos, dos carros enlatados de sardinha; beba em casa conversando com amigos em um ambiental virtual; pratique a punheta-fone, ou a trepada virtual: peça para seu namorad@ arreganhar-se em frente à câmera do msn: de casa diga que está chupando @ mocinh@ naquele lugarzinho: ele/a deve desenvolver uma nova técnica telepática-prática de sentir o roçar de um bigodinho ou cavanhaquezinho nas partes pouco pudendas. Enfim, a vida ficou muito chata, a agonia se multiplica. Quem, pois, pode mais aguentar estes martírios? Ter barriguinha de cerveja não pode, é contraproducente... O destino de um barrigudo é viver sem sexo; ser intelectual demais, saber citar os poetas - dos clássicos aos contemporâneos - é uma chatice... Ninguém aguenta! Só o que vale é malhar, ficar com aquele corpo saradão, cheio de veias pululantes e músculos saltitantes... Uma regra infernal. Ser viado virou moda, todo macho hoje em dia que experimentar dar a bundinha, chupar um pauzinho... As moças já não aguentam mais os rapazes que se afrescalharam em nome da boa estética, que se feminizaram, em nome da política pública do governo municipal e da lei Maria da Penha. Ao que tudo indica, viver agora é uma merda. Não dá vontade. Os médicos bombardeiam nossas cabeças com os seus discursos de saúde, os chatos acreditam nisto. Bom é ter saúde, o coração batendo bem, o ritmo cardíaco normal é uma conquista! Miseráveis... Têm o ritmo cardíaco em ordem e o coração despedaçados. Ao inferno os chatos, os médicos, esta vida miserável e aos agoniados... A vida pra valer a pena tem que ter muita gordura, muto chopp bem gelado, muita sacanagem, muita piada e, claro, um sexo mais do que tudo, bem temperado. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

PROFUNDÍSSIMO: Ângela Bismark contradiz Fiuk e diz que homem que dá o cu tem prazer SIM ha ha ha


Ser rebatido por Ângela Bismark é preferível a morte!!!!!!!!! Mas, ela tem toda razão hehehehe

ENGOLINDO O CHORO: Cícero Lucena entende que não contará com Cássio e Maranhão no mesmo palanque

O senador cristão Cícero Lucena (PSDB) parece ter entendido que os interesses entre ele e Cássio Cunha Lima (PSDB) são muito DIVERGENTES. Cícero ainda se ressente de Ricardo Coutinho, Cássio quer aprofundar suas relações com o governador. Entendendo que o jogo de interesses aí é inconciliável, Cícero começou a distribuir um novo DISCURSO: Zé Maranhão é também candidato e em assim sendo é impossível uma aliança em primeiro turno. Diz Cícero: "José Maranhão é candidato a prefeito, por isso acho difícil dividirmos o mesmo palanque. Seria bom se fosse possível. Sabemos que a possibilidade está distante, mas ela pode acontecer no segundo turno das eleições 2012, digo com tranquilidade" e sobre a relação de Cássio com Ricardo, Cícero afirmou: "A Parahyba viveu na eleição passada algo que pode ser repetido. Cássio votou em Ricardo e Ricardo nele e eu votei em Cássio. Acho que isso é natural que o partido tenha candidatura e se não for possível aliança com Zé no mesmo palanque pediremos cada um à sua maneira um novo plano político para João Pessoa". Pois é, talvez, o senador Cícero já tenha compreendido que os INTERESSES de Cássio não se reduzem aos interesses de Cícero... Que o PSDB vá pra o inferno se não entender!!!! Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

27/10/2011 Reitor da UFRGS declara apoio a reajuste nos valores das bolsas de pesquisa


Na quarta-feira passada (19/10), representantes da APG-UFRGS reuniram-se com o Reitor Carlos Alexandre Netto. O objetivo da reunião foi de apresentar a nova diretoria da APG e entregar ao dirigente máximo da UFRGS uma pauta de reivindicações dos estudantes de pós-graduação. Estiveram presentes também na reunião o Vice-Reitor Rui Oppermann, o Pró-Reitor de Pós-Graduação, Aldo Bolten Lucion e o Chefe de Gabinete João Roberto Braga de Mello.
Leia também:
Os representantes da APG consideraram a reunião muito positiva. Em primeiro lugar porque o Reitor da UFRGS respondeu positivamente a solicitação da APG sobre a necessidade de se posicionar pelo apoio ao reajuste no valor das bolsas de mestrado e doutorado. Tal movimento está em consonância com a Campanha Nacional pelo Reajuste Já! promovida pela ANPG (Associação Nacional de Pós-Graduandos) e apoiada pela APG-UFRGS.
Além disso, recebemos sinalização positiva para a continuação das negociações sobre as outras reivindicações de nossa pauta. Dentre elas, a extensão dos benefícios de assistência estudantil para os estudantes de pós-graduação (como o auxilio creche e moradia estudantil). Bem como a promessa de que com as novas reformulações espaciais no Campus Centro ocorrera a cessão de uma espaço físico para a sede da APG.
Foi discutida também a questão da reversão dos cortes de bolsas ocorridos esse ano pelas reviravoltas na política de acumulo de bolsas com remuneração de vinculo empregatício estabelecida pela Portaria Conjunta n° 01/2010 da CAPES/CNPq. Nesse sentido, o Pró-Reitor Aldo Bolten Lucion esclareceu o andamento nacional da questão. A APG reforçou sua posição de ser veementemente contra qualquer corte de bolsas, porém, obtivemos a resposta de que a Pró-Reitoria de Pós-Graduação não está inclinada em emitir normas reguladoras sobre recursos que são destinados pela CAPES/CNPq diretamente aos Programas de Pós-Graduação para o pagamento de bolsas.
Agora é tempo de continuarmos nossa mobilização! A APG se comprometeu em realizar uma nova reunião com o Reitor e a SAE com objetivo de viabilizar efetivamente a extensão dos auxílios de assistência estudantil aos estudantes de pós. Além disso, é preciso aumentar a pressão dirigida ao governo federal para que garanta o reajuste imediato nos valores das bolsas, bem como à CAPES/CNPq para que não se promova a aplicação retroativa de normas de concessão e manutenção de bolsas evitando assim cortes de bolsas totalmente injustos.

Fonte: APG-UFRGS

As PESTANAS bombásticas de Vituriano de Abreu

O deputado estadual Vituriano de Abreu (PSC) amanheceu hoje com as PESTANAS pegando FOGO. Foi para AL-PB e lá rasgou gravíssimas denúncias de pedofilia praticada por um vereador, Marcos Barroso (PSB), presidente da Câmara de Cajazeiras. Vituriano diz que o ato de pedofilia contra uma menor de 12 anos aconteceu dentro do prédio da casa legislativa: "Isto é uma vergonha para um representante do povo cometer um crime como esse". Não sei por que esses políticos ainda continuam a dizer que ELES nos REPRESENTAM... KKKKKKK. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

O voto, o cabresto, a democracia, a putaria e o curupira

A vida 'moderna' nos pequenos centros nos enche de sentimentos e curiosidades pelo mais próximo. João Pessoa (PB) é um pequeno centro que arrisco mesmo a dizer que é um centro fora de centro, descentrado. E em assim sendo, todo modo, é inóspito. Mas, há os guerreiros feito eu que se arriscam, que praticam verdadeiras investidas pelos becos, ruelas, pelos shoppings populares da vida. E é aí, aqui, que a vida fervilha. Em busca, pois, de alguns objetos deparo-me com alguns velhos e jovenzinhos que debatiam política, sexo, sacanagem. Rápido, como bom psicanalista, escondo-me atrás do diálogo, abro meu caderninho de anotação - uma etnografia a escrever! - e  nada digo, apenas ouço. "Mas, o que é isto, camarada, você novinho desse jeito... E o futuro da nação como fica!?"... O moleque de aparentes 20 anos enrubesceu. O moleque estava sendo recrutado a ser o salvador da nação: sem o desejar. O outro retrucou, impiedosamente: "Seu Borge, na sua época o senhor também não era tido como o salvador da nação não, não? Nos modes do respeito, veja aí que a coisa não é bem assim como o senhor projetou não". O velho dobrou a língua, percebi, engoliu o choro, deu nó na garganta, quis ciscar no chão. Eu me perguntava: será que ele se deu conta agora que o moleque tinha toda razão? Também não fora ele o futuro da nação? Não estava ali velho, pobre, minguado e mirrado, sem forças, sem dinheiro, com o mundo político cada vez pior, com denúncias de corrupção explodindo a cada minuto? O velho Borges que antes parecia o arauto da verdade, o anunciador do novo evangelho agora parecia em transe. A conversa, pois, rapidamente, devia ser mudada, o assunto trocado. Política dá nojo, entristece, acaba o lazer. Então, foi quando passou uma garotinha ali por volta de 18-9 anos...Calça apertada, cabelos ao vento... O moleque de 20 anos quase recuperado soltou o galanteio: "Eta, morena gostosa da porra!... Olhae, seu Borge, isso é que é política... Das boa". O velho Borges, sorriu e considerou: "Política e 'foleragem' no Brasil é a mesma coisa. Ou o cara rouba o dinheiro do povo, ou come bunda de gente safada". Gargalhadas... Estas, pois, são apenas falas captadas, crônicas, descontextualizadas de um diálogo maior... Falas que se ouvem em todo canto. Não preciso problematizar... Apenas encaixá-las no meu próprio texto na esperança de achar coisa nova. Capto, pois, apenas destas falas a falta de perspectiva, a agonia cotidiana do povo brasileiro. Vivendo 'democraticamente', está preso a um cabresto quando não político, moral! Democracia só outro nome para absolutismo político, oligarquias em que famílias se sucedem no poder, conchavos de gabinete, de legendas partidárias são praticados. A democracia é só mais uma sistema de controle em que impõe ao povo a imagem da liberdade, mas consolida e institucionaliza pelo voto a sua opressão. Faz lavar as mãos os opressores e sujar o oprimido as suas próprias mãos. A putaria, pois, logo é o veneno, é o soma, o analgésico que aplaca a agonia. É pela putaria, pois, que as correntes de agonia são rapidamente quebradas: a grande faculdade do esquecimento. Poderá dizer um oráculo moderno de esquerda: "Mas, isto não é lutar, é perder, é deixar-se explorar". Para não desanimar o nosso esquerdista respondo que uma coisa não anula a outra. Faça a sua parte e aos putos a parte deles. Ah, onde entra o curupira nisto tudo? O curupira é um menino que tem os pés virados para trás, senhor e protetor das matas...Que significa, pois, virar os pés para trás e ter a cabeça erguida para frente? Franca contradição do pensamento aos passos? Nada... É apenas estratégia de conservação da vida, pense nisto! Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

"Houve relacionamentos até dentro do grupo", diz ex-fundador de ONG que "cura" gays


Sérgio Viula, de 42 anos, foi um dos fundadores do Movimento pela Sexualidade Sadia (Moses). O grupo é uma ONG evangélica que ajuda pessoas que desejam deixar de ser gay. Sérgio é professor de inglês, filosofia e teólogo. Ele foi um dos que aderiu ao programa e abandonou a homossexualidade. O carioca casou, teve dois filhos e acompanhou de perto os métodos de reorientação sexual praticados pela ONG. Em entrevista ao site "Eleições Hoje", Sérgio disse que as ações em busca da mudança de orientação sexual não funcionam e que só causam dor a quem se submete passar por elas. "Na verdade, ex-gay não existe, é pura auto-sugestão. Eu comecei a ir à igreja e percebi que os homossexuais não tinham como lidar com suas dificuldades, por falta de orientação das lideranças, então decidi fundar o Movimento pela Sexualidade Sadia, junto com João Luiz Santolin e Liane França. Foi aí que comecei realmente a dizer em momentos oportunos que era ex-gay", conta Sérgio. O carioca conta que hoje sabe que estava se enganando, mas pensava que sua atração por homens poderia desaparecer com orações e dedicação a deus. "No grupo, basicamente, pensávamos que ser gay fosse pecado, que devia ser confessado e abandonado. Para isso fazíamos proselitismo, aconselhamento, oração, pregação, recomendávamos certos livros, leitura bíblica, coisas que os crentes geralmente fazem, mas com foco na homossexualidade, sempre demonizando a homoafetividade, infelizmente". Sérgio trabalhou no Moses por quase 7 anos, de 1997 à 2003. Segundo ele, o grupo realiza uma lavagem cerebral entre os participantes. "Você tem que se isolar do seu antigo círculo de amigos, começar a se enfiar nas reuniões da igreja, fazer sessões de aconselhamento, orar, jejuar, essas coisas. Quando acontecia de alguém se envolver com outro homossexual, ele tinha que confessar o que fez", entrega ele. Mas, apesar de toda prece, ele diz que ninguém deixava de ser gay. "Houve relacionamentos até dentro do grupo, entre uma atividade e outra da igreja, eles sempre arrumavam tempo pra isso. E tem gente até hoje repetindo esse discurso imbecil". O professor também comentou sobre os discursos homófobicos proferidos pelo pastor Silas Malafaia. "Ele atua na base da má-fé mesmo, com interesses financeiros, projetos de poder, etc. E diz ele que nunca foi gay, será? Fico muito desconfiado de gente que gasta tanta energia e dinheiro para combater algo que não tenha nada a ver consigo mesma". Sérgio resolveu se assumir de vez, depois de uma viagem à Cingapura, quando ficou com um filipino. "Houve perseguição por parte do "Moses", muita gente ficou em choque. Mas meus filhos nunca criaram problemas". Ele conta que hoje as crianças tem um bom relacionamento com ele e seu parceiro, Emanuel. "Conversão religiosa que não admite sua homossexualidade não merece seu tempo e talento", encerra o professor.
Fonte: A Capa

TV universitária cobre manifestação por reajuste de bolsas da APG UFSC


Durante a manifestação de reajuste de bolsas ocorrida na segunda-feira (24/10) a TV UFSC, através do programa Universidade Já, realizou a cobertura do evento e entrevistou a vice-presidente da APG UFSC Jouhanna do Carmo Menegaz e Guilherme Sales Melo do CNPq a respeito da manifestação, que faz parte da campanha nacional Reajuste Já, pelo reajuste imediato das bolsas de mestrado e doutorado.
Confira o programa produzido pela TV UFSC:
Foram distribuídos doces para lembrar que o valor das bolsas de pesquisa não são reajustados há três anos. O protesto foi realizado durante a mesa redonda "Ciência e Renovação para o Brasil" na última segunda-feira na UFSC.
Leia também:
A vice-presidente da APG Jouhanna do Carmo Menegaz destaca a que a manifestação passiva serviu para "sinalizar a dificuldade de viver com R$ 1200,00 na bolsa de mestrado e R$ 1800,00 na bolsa de doutorado" e também destacou a "necessidade das agências de fomento e do governo pautarem esta questão e liberarem este ajuste que está contigenciado".
Guilherme Sales Melo do CNPq reconhece: "Realmente fazem 3 anos que a bolsa não aumenta, está precisando haver um reajuste. Não conseguimos fazer isto ainda. (...) Sabemos que o valor está defasado, precisa aumentar realmente".
Fonte: APG UFSC

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

DE FOGO NOVO: Wilson Santiago poderá GARGALHAR ainda HA HA HA

20 dias é muito tempo para o ainda senador Wilson Santiago (PMDB) testar a envergadura política de Cássio Cunha Lima (PSDB). E como o fará? Ainda pouco estava assuntando no Blog do Dércio. Não havia me dado conta, mas Cássio Cunha Lima a contar de 31 de Julho de 2007 - ano em que começou a sua INELEGIBILIDADE condenação por conduta vedada -  não poderia concorrer às eleições do ano passado por um motivo muito simples: Cássio não estava filiado ao PSDB: se não estava filiado, então, como poderia concorrer? Cássio, então, só teria seus direitos políticos renovados e ter sua filiação em 31 de Julho de 2010 o que pela legislação eleitoral Cássio não poderia mais concorrer a um cargo público, uma vez que, nesta data era impossível a concorrência, pois pela legislação o prazo de filiação é de um ano decorrido antes do pleito. Enfim, Wilson Santiago deve mesmo tentar atrapalhar a vida do menino do poeta por estas brechas. Era Cássio elegível? Em 20 dias tudo pode acontecer... Inclusive nada. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

Posse de Cássio Cunha Lima foi definida para dia 7 de novembro... 7 não é CONTA de mentiroso? KKKKK

Cássio Cunha Lima (PSDB) será empossado senador no dia 7 de novembro definida a data pela Mesa Diretora daquela instituição. Bom, fosse Cássio ficava esperto. 7 é conta de mentiroso, José Sarney não é confiável, nem Wilson Santiago (PMDB) está muito disposto a DESISTIR do combate. Pois é, enquanto Cássio vai pintando o 7, Wilson Santiago parece querer desenhar o 8. De qualquer modo, no dia 7 Cássio será empossado ou empoçado... Vai depender do pré-defunto Sarney. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

Diogo Cunha Lima F R E S C A da situação de Wilson Santiago HA HA HA

O menino-dos-camarões, Diogo Cunha Lima, resolveu ir a Brasília para acompanhar a PROVÁVEL posse do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), seu papai. Mas, eis que estando o rapazinho no plenário do Senado percebe a presença MARCANTE do ex-quase senador Wilson Santiago (PMDB). Ao perceber a presença de Wilson, resolveu o garoto de Cássio frescar no twitter ao dizer que: "A mesa do Senado vai se reunir às 17 horas e Wilson chega à sessão como se nada estivesse acontecendo". Como diz um amigo meu: "Deixa o cara tirar pelo menos os pertences dele... PQP". Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

O pesado ROCK do PT


Hervázio Bezerra e a Política de Cuar Dentro HA HA HA

Mal bastou o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) pedir pra que a MAGNÍFICA imprensa local acabe com o RAME-RAME político-jornalístico e tudo re-começou... Quase por provocação. Pois é, noticiaram que o deputado tampão, ou será tampinha?, Hervázio Bezerra (PSDB) - ex-escudeiro do senador cristão Cícero Lucena - havia afirmado que o senador Cássio Cunha Lima tomaria a direção estadual do PSDB ao senador Cícero Lucena. A notícia, então, se espalhou... Fedeu. Foi preciso, então, nesta manhã o deputado Hervázio tomar o pano de cuar dentro da política para desmistificar o que os mistificadores inventaram: "Em momento nenhum eu disse que Cássio Cunha Lima iria assumir. O que eu disse foi que o próprio Cássio falou que tinha a pretensão de assumir o partido". Deve-se TEMER a quem é PRETENSIOSO? Mas, afirmou: "Não tenho razão nenhuma de alisar e nem de hostilizar o senador Cícero Lucena". RAZÕES o deputado Hervázio tem de SOBRA para hostilizar o senador Cícero, afinal, Cícero lhe guardou as mágoas e as perdoou a quem elegeu o seu inimigo político: Cássio Cunha Lima. Perdoou bem perdoadinho ou só tá fazendo charminho? Dá pra entender? Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

Salvaram Felipe Porcão HA HA HA

A ação de cassação contra o vereador Felipe Porcão (PP) foi interrompida. Motivo? O juiz da 64ª ZONA eleitoral, Fabiano de Moura Moura, julgou-se ou se averbou  SUSPEITÍSSIMO para julgá-la. Com isto, o vereador Felipe Porcão ganha mais farelo e continua vivo. A ação contra o NOBRE vereador movida pelo Ministério Público Eleitoral  tem como objeto a SUPOSTA compra de votos por parte do vereador em 2008. Em parecer emitido em 30 de agosto deste ano o MPE pede a cassação do Felipe Porcão. Ouço os grunhidos POLÍTICOS. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

Soltando as cadelas, desatando os 'pobemas'

O ex-governador Zé Maranhão (PMDB) revelou que já sabia das traíragens do governador Ricardo Coutinho (PSB) antes mesmo de 2010. Zé disse que estava CIENTE do rendez-vous (encontro às escondidas) entre o Ricardo e Cássio. Às escondidas, era? Se era às escondidas, então, como Zé ficou sabendo? Terá Zé colocado detetive particular pra vigiar o Mago? Zé lamentou: "Não vou fazer o que Ricardo fez. Ele era meu aliado e se encontrava às escondidas com Cássio" e arrematou: "Graças a Cássio que Ricardo Coutinho arranjou passaporte para ir depois do Rio Senhauá, Cássio o socorreu". Oh, dor de cotovelo... Zé, o último dos HIGHLANDERS. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


Com 4 votos a 1, Superior Tribunal de Justiça autoriza casamento civil gay


Mais uma vitória. O voto que faltava para o STJ (Superior Tribunal de Justiça) autorizar o casamento entre um casal de lésbicas do Rio Grande do Sul foi favorável. Na última quinta-feira (20), o julgamento havia sido interrompido por um pedido de vista do ministro Marco Buzzi, que votou a favor na tarde hoje. “Não existe um único argumento jurídico contrário à união entre casais do mesmo sexo. Trata-se unicamente de restrições ideológicas e discriminatórias, o que não mais se admite no moderno Estado de direito", afirmou Buzzi. O único voto contra foi do ministro Raul Araújo Filho, que havia se manifestado a favor na primeira parte do julgamento. Quanto a sua mudança de opinião, o ministro alegou que não cabe ao STJ analisar o caso, mas sim ao STF (Supremo Tribunal Federal). "Não estamos meramente aplicando efeito vinculante da decisão do STF, mas sim dando a decisão um interpretação que não podemos fazer", justificou. A decisão não obriga juízes e tribunais estaduais a seguirem a mesma linha de raciocínio. No entanto, abre precedente para casais que vivem sob união estável entrarem com uma ação caso desejam a conversão em casamento civil.

Fonte: A Capa
 

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Cássio pede a JORNALISTAS que não BABEM o escroto e as gônadas do JORNALISMO HA HA HA

Chorando e babando, cheio de emoção, o senador empossado Cássio Cunha Lima (PSDB), na sua primeira entrevista coletiva pediu aos JORNALISTAS BABÕES da Parahyba a morte do RAME-RAME político-jornalístico. Disse o senador: "Vou me esforçar para responder e não quero tirar o direito dos jornalistas perguntarem o que quiser, mas não sai desse RAME-RAME da política. É hora de implantarmos um debate sério e fazermos questionamentos sobre obras e serviços do nosso Estado, porque a iniciativa do debate é de quem pergunta. Se eu for perguntado sobre o rame-rame da política eu vou responder; se me perguntarem sobre a transnordestina vouresponder sobre a transnordestina". Sapientíssimas falas, esperamos que os BABÕES da COMUNICAÇÃO, os lambedores de ESCROTOS e GÔNADAS não aventem sequer recrudescer este rame-rame político-jornalístico aludido pelo novo senador: SERIEDADE, CAMARADAS!!!!. Babões, arrumem outras partes menos PUDENDAS para lamber. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


Ex-jogador Neto diz que dirigentes abusam sexualmente de jovens jogadores

Neto, ex-jogador e atual comentarista de futebol na Band, disse que a "homossexualidade é comum nas categorias de base" do futebol brasileiro. A declaração foi feita em entrevista para o jornal "O Estado de S.Paulo". Quando questionado por que é mais comum gays entre os jogadores de base do que nas categorias profissionais, Neto disse que o motivo é o assédio sexual. Segundo ele, desde a década de 80, quando era jogador, os dirigentes se aproveitam da vulnerabilidade dos atletas em início de carreira em troca de favores sexuais.  "Muita gente usa o poder como diretor, como técnico, como outras coisas, para usar do benefício sexual com os meninos", disparou o ex-atleta, que afirmou ter conhecimento de várias histórias como essa. "Essas coisas não são divulgadas, mas quando eu trabalhei como gerente de futebol [no Guarani] e quando fui jogador, a gente sabia disso. É velado. Para falar a verdade, é uma coisa muito séria, que o ministro dos Esportes e as autoridades deveriam olhar mais". O comentarista também afirmou que já teve amigos e colegas de trabalho que passaram por essa situação. "Ah, se eu estou falando isso é porque já, né? Mas eu não vou falar", declarou, encerrando o assunto.

Fonte: A Capa

APG UFSC aproveita presença do CNPq para realizar ato pelo reajuste das bolsas


Nesta segunda-feira (24/10), durante a comemoração dos 60 anos do CNPq no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, que contou com a visita do Professor Guilherme Sales Melo, vice-presidente do CNPq, pós-graduandos convocados pela Associação de Pós-Graduandos (APG UFSC), realizaram uma manifestação passiva "comemorando" os três anos sem reajuste das bolsas de pós-graduação.
 
A atividade consistiu na entrega de alguns docinhos como lembranças do "aniversário". A manifestação passiva foi bem recebida tanto pelo reitor da UFSC, Alvaro Toubes Prata, tanto como por parte do vice-presidente do CNPq, que durante sua fala no evento reconheceu a defasagem do reajuste das bolsas e valorizou a manifestação com as palavras: "Tinha um povo bem simpático. Ganhei até um docinho(...)" e também enfatizou que a pressão por parte dos pós-graduandos é bem-vinda e que o reajuste estará em votação no ano que vem.
 

Vida de príncipe KKKKKKKKKK


POR ACASO ELE MENTIU? 

E a PARAHYBA que vá pra o INFERNO HA HA HA

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) resolveu refletir para o público sobre as eleições do próximo ano. Ele resolveu dizer que: "Temos uma DIVERGÊNCIA com relação à política estadual, o que gera um desconforto por uma razão simples: eu defendi a aliança com Ricardo. Fizemos essa aliança, fizemos a coligação e Cícero fez uma  opção de não acompanhar essa decisão que o partido tomou majoritariamente. Ele tinha lá suas razões e isso já foi amplamente debatido. E essa situação perdura até hoje. Eu defendo a aliança que foi vencedora nas urnas. Essa é uma grande contradição que nós vamos ter que enfrentar em algum momento do PSDB". O que Cássio chamou de DIVERGÊNCIA é, na verdade, JOGO DE INTERESSE PARTICULAR: a Parahyba que vá para o inferno. Quando Cássio fala em política estadual, na verdade, ele fala sobre a POLÍTICA PRIVADA em que o partido aparece apenas como o LARANJA em meio a todo este jogo de interesses particularíssimos. Quando Cássio diz que Cícero fez a sua OPÇÃO, na verdade, Cássio tá querendo mandar Cícero pra o INFERNO e quando Cássio diz que é uma contradição toda esta situação e que precisa ser enfrentada ele quer dizer que NÃO VAI ABRIR MÃO do seu "namoro político" com o governador Ricardo Coutinho. Afinal, o próximo governo do Estado, provavelmente, depois do duplo mandato de Ricardo como governador e depois do mandato de senador de Cássio poderá haver uma inversão: Cássio volta para a Parahyba como candidato a governador e Ricardo vai para Brasília como senador. Cícero nisto tudo? É o PEDREGULHO do meio do caminho. É preciso varrê-lo... Cícero ainda tem uma chance se se juntar com o pré-defunto Zé Maranhão. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


segunda-feira, 24 de outubro de 2011

A arte de banheiro


-A diferença entre cagar e dar o c* é meramente vetorial. (encontrada no banheiro da USP)

-Por que mijas fora se no entanto cagas dentro? Ou tu tens o pau torto ou o c* fora do centro!

-Homem que fala fino, pode crer que caga grosso.

-Por favor puxe a descarga, ninguém é tão curioso assim.

-Aqui neste cantinho, onde a solidão é profunda, A bosta bate na água, e a água bate na bunda.

-Cagar é uma arte estilo barroso.
 

-Amar sem ser amado, é pior q limpar o c* sem ter cagado.

FOFO: Rapazinho ensina limpeza de pele a jato por 6,99 HA HA HA


NA POCILGA: Zé Maranhão rebate Luciano Agra e defende senador cristão Cícero Lucena

Ouço o grunhir dos PORCOS!... O prefeito Luciano Agra (PSB) resolveu dizer que a cidade de João Pessoa já não frequenta mais as páginas policiais - clara alusão ao ex-prefeito Cícero Lucena (PSDB) e o fenômeno que ficou conhecido como CONFRARIA. O ex-governador Zé Maranhão (PMDB) parece ter se condoído e resolveu alfinetar o prefeito Luciano e defender o seu AMIGO DE LONGA DATA e DILETO IRMÃO cristão Cícero Lucena ao dizer que: "Com tantos escândalos em seu governo [de Agra], Agra não tem moral ara fazer qualquer comentário sobre seus adversários... É fazenda Cuiá, o esquema do gari, a melancia, o feijão. Enfim, são tantos escândalos que fica difícil até enumerar todos eles". Estratégia de defesa? Atacar? Bom, para quem tem denúncia de pagamento a quase um cemitério inteiro Zé também não pode falar muita coisa. A derrota é que o que nos é oferecido é sempre mais do MESMO. Porcaria, porcaria e mais porcaria. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anuciantes

CRUELDADE: Cachorro é enterrado vivo, mas salvo a tempo antes de morrer...


Um cachorro foi enterrado vivo, em um buraco de 1,5 m de profundidade, e resgatado por uma equipe de proteção aos animais. Segundo testemunhas, o animal foi enterrado por dois guardas do local de uma escola, na Cidade do Cabo, na África do Sul. Os homens foram presos e acusados de crueldade contra animais. Depois do resgate, o cachorro foi batizado de Warrior (guerreiro, em inglês) e examinado por veterinários. Os especialistas descobriram que o cão tinha uma deficiência. Mas não se sabe se foi consequência do “castigo”. Segundo o jornal “Daily Mail”, a polícia local afirmou que, quando o resgate chegou, Warrior estava sufocando com a areia. Testemunhas revelaram que um supervisor da escola havia pedido para que os guardas se livrassem do animal, porque os latidos dele estavam atrapalhando as aulas. “Os homens inicialmente alegaram que o cachorro estava morto, mas durante o interrogatório acabaram admitindo que o animal ainda estava vivo quando foi enterrado”, contou Christina Pretorius , chefe da equipe de proteção aos animais.

Fonte: internet

DEUS E O DIABO NO PARAÍSO DO CAPITALISMO: A vida, a incredulidade, os fracos, os poderosos e o 'djabo' a quatro...

Na mercearia do velho Bonanza a vida parece fácil. Um gato pigado de gente aqui, outro ali, uma palitada nos dentes... Um colibri (beija-flor) que lhe vem tomar a garapa, um cachorro que passa ladrando em perseguição a um pernilongo diário. É o grito da esposa, dona Constança, o choro do netinho Evaldo, a saia curtíssima da morena Dora que briga com o vento para que não lhe roube a "tapioca"; é o malandro tomador de cachaça que chega cantarolando um sambinha qualquer.. Vidinha besta, meu Deus, vidinha besta! Bom, aí é que são elas... A vida, assim, parece fácil. O capitalismo aqui não oferece recado, não manda intimação, não faz confusão. Tudo é light. Só fica tudo complicado quando algum vizinho de esquerda resolve dizer que a vida é uma desgraça e a culpa de tudo é do capitalismo. Dona Constança, incrédula, diz que a culpa não é do capitalismo, mas é da desobediência dos homens a Deus. Começa-se a armar o circo e eu do meu canto espio tudo. "Os poderosos, dona Constança, os poderosos, os patrões são como fogo em palha: consome tudo". Pois é, a vida começou a ficar aborrecida. "Mas, se o homem não tivesse desobedecido às ordens de Deus hoje estava vivendo num paraíso". Bem que isto tudo dava um bom nome de crônica: "Deus e o Diabo no Paraíso do Capitalismo". Uma luta que parece eterna, eu vou me desviar um pouquinho dos pré-moldados da vida: as teorias prontas, os conceitos, o modismo, o marketing, o comportamento... Isso tudo cheira muito mal.  Em busca da felicidade - eis o nosso veneno! - abandonamos Deus, inventamos o homem e também a mulher modernos. Depositamos toda a nossa fé na política, na tecnologia, nas pequenas, médias e grandes invenções. Parece que nada deu muito certo e hoje já não acreditamos no melhoramento do homem: tudo, então, esvaziou-se. A genética bem que poderia dá uma boa contribuição. Mas, de que nos adiantaria melhorarmos a estrutura, a embalagem, se o conteúdo continuaria o mesmo? A incredulidade reina, dizem os crentes; o problema é vencermos o nihilismo, dizem os filósofos, façamos a revolução dizem os vizinhos de esquerda. Incredulidade e nihilismo são a mesma coisa: entorpecimento vital. Entramos em um mundo de perspectivismo sem perspectiva. Para escondermos a nossa agonia do vizinho, simples, entramos na moda: compramos o televisor da hora, o celular, o carro lançamento. Quando nada, então, dá mais certo: voltamos ao estado anterior. Voltamos a conversar sobre amor, política, religião, então, aparecem novamente os grandes debatedores - verdadeiros carniceiros! - os conservadores. Aparecem, pois, os detratores das consequências da modernidade, os detratores do que hoje em dia virou fácil pedido em lanchonete: pós-modernidade. Estamos engarrafados, o mundo inteiro perdeu o sentido. É preciso investir na frivolidade... As drogas nunca foram tão disputadas. Em tempos de crise, de perda de sentido profundo, o desencorajamento, a fraqueza para continuar a existir... Bom, último remédio: entorpecer-se para continuar a viver. Aula do jardim de infância: o capitalismo não gerou a crise: seu papel é tentar administrá-la. Deus e o Diabo não têm culpa se os abandonamos, trocamo-os por alta definição, 3D, engenharia genética, políticas de toda sorte, enfim. Não vale mais a pena viver? Pergunta retórica. Foram alguns sociólogos, filósofos, economistas que nos fizeram erroneamente acreditar que estamos em crise por conta do modelo econômico. Certo, ele gera sua própria crise. Ele tem um universo singular, particular. Mas, há uma crise de maior proporção, de maior densidade, a existencial. O capitalismo aprofunda, mas não cria, não gera. Enfim... Os poderosos são tão fracos como os fracos. A diferença é que os poderosos podem comprar alta definição e todo tipo de tecnologia moderna: anfetaminas poderosas. Então, ouço os gritos do vizinho da esquerda: "A senhora devia pensar naquelas pessoas que não têm o que comer, que são exploradas nas repartições de trabalho, nos sem-terra, nas péssimas condições de trabalho e educação, na má distribuição de renda"...Ao passo que dona Constança lhe avisava: "E o senhor devia ser mais simples no palavrório, porque aqui não tem ninguém besta. Não adianta espernear como faz o senhor, a vida continua com ou sem dinheiro, sendo empregado ou patrão, a vida continua a mesma desgraça de sempre e a causa é a desobediência ao Senhor: seja você rico ou pobre, preto ou branco, a vida aqui na terra é esta penúria pra todo mundo". Foi quando chegou o mendigo Hércules - nome bem apropriado para um mendigo - e disse: "Seu 'Bonancia" eu vim lá de dona Canô... Tava uma arenga da porra lá... Bote uma daquela bem temperada pra eu aí pra mode esquentar a natureza... A vida tem de continuar". Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

Prefeitura à pururuca -das cobras e dos arrastados: Milanez diz que não é cobra e não se rastejou pela vice-candidatura a prefeito HA HA HA

Mesmo defendendo o ULTRAPASSADÍSSIMO ex-governador Zé Maranhão (PMDB) para prefeito, o vereador Fernando Milanez (PMDB) num certo jantar em Brasília resolveu furar os olhos meio vesgos de Zé quando propôs ao deputado federal Mané Jr (PMDB) seu nome para compor chapa... Chapa que os comentadores desavisados chamam de PURO SANGUE. Duvidoso é alguém querer tocar neste sangue HA HA HA. De qualquer forma, o vereador que vive pelos quatros cantos defendendo o nome de Zé, nega que tenha tido esta conversa com o deputado. Mas, Mané ratifica: "Milanez tocou nesse assunto comigo em Brasília durante um jantar, mas eu disse a ele que o PMDB precisa fazer, incialmente, a política de alianças". Milanez: "Não falei isso com ele em Brasília. Ele deveria ter moderação. O melhor candidato a prefeito pelo PMDB é sem dúvidas José Maranhão". Das PORCAS às COBRAS... O povo agradece. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


Quem sai aos seus já nasce degenerado HA HA HA

O deputado milionário Wilsinho Jr, filho do ex-senador Wilson Santiago (PMDB) resolveu dá umas munhecadas na cara de Cássio. Motivo? Todo mundo sabe... Veja o que disse o rapazinho rico: "Eu acho que Wilson Santiago pelo seu histórico de deputado já era senador. Ele conseguiu verbas importantes para a Parahyba. Ele já era grande e importante antes de ter o cargo. Não sei se o Cássio Cunha Lima como senador terá a mesma condição de captar recursos para o Estado como Wilson conseguiu. Espero que ele tenha essa capacidade e como representante o faça de maneira responsável que nosso Estado merece". Pois é, de captação de recursos Wilson Santiago entende bem... Mas, Wilson nunca foi grande... Sempre foi nanico. O "Juninho", tadinho, não soube o que dizer e aí achou por bem de reduzir a figura do senador à figura do deputado... Wilson Santiago vai tanger boi ou apelar pra Zé Maranhão ganhar a prefeitura da capital, pois com sorte ele vira o novo secretário das finanças do município como Efraim  Morais que ao perder a vaga de senador foi reciclado pelo governo do Estado. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes


domingo, 23 de outubro de 2011

Os adúlteros, as sacanagens da justiça e o juízo final

De repente, deparo-me com a seguinte admoestação: "Ficarão de fora os CÃES, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras e todo o que ama e pratica a mentira Ap. 22:15". Pensei comigo: "Aí fodeu". Estaria o Apocalipse referindo-se, de fato, e literalmente, aos cães que nascem sem pecado no mundo, pois não são frutos do pecado original - a desobediência sexual de Adão e Eva no Éden - ou ao estilo de vida dos filósofos cínicos? Então, pensei, o Apocalipse só podia falar dos "cães" no grego kyon/kynós. Bom, então, seria muita sacanagem condenar ao lago de fogo e enxofre (inferno) os pobres cães que nada têm que ver com a sacanagem que Adão e Eva praticaram no paraíso. Portanto, cães neste caso devem ser interpretados como os filósofos gregos da Escola dos Cínicos que pregavam a vida como a dos cães: sem pudores em demasia. Mas, eu penso que os mentirosos não deveriam ser condenados, menos ainda os homicidas, também não deveriam ser condenados os idólatras, muito menos os adúlteros... A propósito são os adúlteros quem sustentam ainda e em bom ritmo a instituição do casamento: este sacramento! Não fosse pelo adúltero, a família já teria se esfacelado de vez. Uma boa 'cangaia' no final da tarde suaviza o espírito do garanhão trabalhador que ao chegar em casa encontra aquela baranga velha em casa a cuidar dos rebentinhos grudentos chamando o bom cidadão de "painho". Neste caso, o homem ao praticar o adultério desobedece o mandamento que ordena não mentir, não levantar falso testemunho; ele também comete um homicídio, da palavra do Senhor. Para fugir dos problemas gerados ele aceita até feitiço e aí comete o pecado da feitiçaria, vai vivendo feito cachorro e termina amando e praticando a mentira. Bom, o adúltero ainda assim é aquele que mesmo matando, idolatrando, geralmente, sua amante, lançando e aceitando feitiços, carrega com hombridade e segurança o casamento e mesmo em pecado ele cumpre ainda o grande ordenamento,ou melhor, o mandamento: "crescei e multiplicai-vos Gn. 1:20". No final disto tudo, o homem termina nas barras do tribunal de in-justiça. Será forçado a pagar de 10 a 30% de consignação alimentar (pensão alimentar) aos grudentinhos que ajudou a pôr no mundo; terá, provavelmente, uma inimiga para o resto da vida lamentando-se do marido perdido para a amante. No final de tudo, ainda pode ser assassinado pelo filho que não suportando a perda do pai na infância e quando adulto, então, resolve acertar as contas: um pouco por ele próprio, outro tanto por conta da mãe que fora abandonada cheia de meninos. Para terminar, o adúltero ainda será lançado no fogo do inferno, vai sofrer pela eternidade. Sacanagens da justiça, injustiças do céu: o homem não merece tanto desprezo. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

Deus, os Ateus, o Diabo, os Nerds, Eu e o escambau

A insistência dos ateus em "provar" que Deus não existe ou, pelo menos, tornar inteligíveis seus argumentos, tem me dado um tesão danado. Fico excitado em ouvir tudo o que eles têm a me dizer. Ouço um ateu me dizer: "Desonra o teu pai, avacalha o nome da tua mãe", "Cobiçarás o marido do teu vizinho gay", "Coma a empregada doméstica, a passadeira, a copeira e o mordomo para que ele guarde silêncio de todas estas coisas". Do outro lado da rua, então, um vizinho meu que é xangozeiro, que vive cheio de guias - fazendo o tempo inteiro oferendas pra xu-maré - e não dá um passo sem que antes jogue algumas pétalas de rosa branca e faça umas mandingas. Na escola primária, lembro-me, depois da grande lição da minha vida - "O homem é um animal político!" - o tesão passou a ser: "por que sou inteligente?". Nossa, passava horas pensando, querendo descobrir por que em todas as formas de vida a única que era inteligente era a humana, nós, e ainda assim o filósofo nos considerava animais. Horas na mesma posição aos gritos da professora: "João, João, é a tua vez de responder". Foi, então, quando cheguei à universidade... Eu, ah, eu queria ser filósofo. Aprender aquelas coisas todas, responder com grandes questionamentos facultativos para os meus vizinhos os seus diminutos e incertos modos de questionamento. Tudo que me diziam eu fazia aquela cara de filósofo, então, duas grandes pregas apareciam-me na testa. Estava provado, eu, João, estava me tornando filósofo: a barba cresceu, meu cabelo cresceu... Pronto. Então, descobri na universidade que Freud veio ocupar o lugar de Papai Noel, mas na minha cabeça eu me perguntava: "Quem eram as renas do Freud?". Papai Noel era apenas um símbolo fálico com a marca da coca-cola um amigo me contou. Nossa, eu estava muito excitado. Mas, rápido descobri que o pensamento científico não tão diferente daquele pensamento popular, dos botecos, dos cabarés... É que na universidade o pensamento vem travestido de um linguismo, às vezes, complicado de entender (tem de ser difícil pra não ser igual ao outro)... Mas, no fundo, era a mesma coisa. O prof. doutor da universidade se arma tanto quanto um bêbado que quer tragar a sua cachaça. Discursa tão bem quanto uma puta que quer convencer o seu cliente a pagar o quarto numa pousada surrada, feia, fedorenta, inóspita. Enfim, toda uma história de vida: Deus morreu. Os ateus decadentaram, o nerd foi embora e eu... Ah, eu... Eu o escambau, servo das estroinices mais infames prováveis. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

Que show lindo... Ai, ai... Bom domingo!!!!!


sábado, 22 de outubro de 2011

A revolta dos mal-ex

As tripas avançam pelos flancos!
A bunda agita-se...
A-baixo os Men-chê-vikings!
Viva os bolstchê-viqués!
Fiat...
La revolución, cama-radas!
Viva a calcinha rosa-choque.

João Cândido Tessar in: "Contos da Cidade Baixa"

VITÓRIA: Lei Maria da Penha é usada para defender mulher transexual agredida

Foi aplicada na cidade de Anápolis (50 km de Goiânia), a Lei Maria da Penha para uma transexual que sofreu agressões de seu companheiro. A juíza Ana Cláudia Veloso Magalhães considerou o principio de isonomia para aplicar a medida, garantindo tratamento idêntico a todos. "Homens e mulheres são iguais", afirmou Ana Cláudia Magalhães, com relação aos direitos da Lei Maria da Penha. O acusado das agressões, Carlos Eduardo Leão, foi proibido de frequentar a casa da transexual, que não teve seu nome revelado. Ele terá ainda que manter uma distância de no mínimo um quilometro da vítima e seus familiares.

Fonte: A capa

Samuka Duarte invadiu estúdio da Senhauá e ESMURROU apresentador de SEM RABO PRESO por causa de comentários sobre CANGAIA HA HA HA


Segundo os comentários, o apresentador Samuka Duarte invadiu na tarde ontem estúdio da rádio Senhauá e esmurrou o apresentador Chefão do Sem Rabo Preso. Horas depois o próprio Samuka Duarte veio a público para explicar o motivo da AGRESSÃO: cangaia. Samuka Duarte justificou, pois, a agressão ao dizer que o tal apresentador vivia de dizer que ele, Samuka, estava acostumado a TOMAR GAIA pelo juízo... Pois é... Tem gente pra tudo neste mundo. LOGO SAMUKA, tão moralista, tão PACIFICADOR, que vive dizendo pros POBRES MISERÁVEIS, PARA OS FAVELADOS que não vale a pena brigar... KKKKKKKKKKKKKKKK. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

FIM DO MUNDO É HOJE GARANTE PASTOR DOS U.S.A

A confirmação da previsão, já feita anteriormente, está no site do Family Radio, programa de rádio de Camping, de 80 anos. Nesta sexta-feira, ele estava evitando contatos com a imprensa americana. O pregador evangélico Harold Camping, que ficou mundialmente famoso ao "prever" o fim do mundo para 21 de maio passado, afirmou que o "Dia do Julgamento" deve ocorrer hoje, sexta-feira, 21 de outubro. Camping havia chamado a atenção ao afirmar que o "Dia do Julgamento", conforme prevê a Bíblia, ocorreria às 20h de 21 de maio último, o que não ocorreuSeus seguidores afirmaram terem ficado perplexos com o fato de o mundo não ter acabado. Muitos se desfizeram de bens materiais e pediram demissão de seus empregos. Mais tarde, Camping afirmou que cometeu enganos em seus cálculos e remarcou o fim do mundo para 21 de outubroDesta vez, ele avaliou que não seria necessário fazer tanta publicidade como em maio.


Fonte: clickpb

FIM DO MUNDO MESMO É ALGUÉM ACREDITAR NESTA IDIOTICE... PIOR: TEM GENTE QUE ACREDITA, PIAMENTE. 

Dr. Cíço manda recado pra João Beicinho

O deputado João Gonçalves (PSDB) sai em defesa de Cássio Cunha Lima (PSDB) quando assunto é presidência estadual do PSDB. Entretanto, o senador Cícero Lucena não esperou nem a defesa esquentar no fundão da panela e declarou: "Vou chamar o deputado João Gonçalves para defender os agentes fiscais que estão em greve, os professores mal remunerados, a saúde em crise e os funcionários que não recebem salário digno. Vou chamá-lo para defender isso que é muito melhor do que estar discutindo questões partidárias. Ele deveria estar preocupado com problemas que o povo vivencia".O senador Cícero Lucena declarou tanto que esqueceu de se perguntar ou, pelos menos, de comentar se na gestão dele enquanto foi governador os salários eram mais dignos do que os que governador Ricardo Coutinho paga atualmente; se nas suas duas gestões como prefeito não houve greve, se os salários eram melhores do que os atuais pago pela prefeitura, se a saúde ía a mil maravilhas. Bom, quem não se lembra das gestões administrativas do ex-prefeito Cícero, como por exemplo, o "É pra morar" que construiu FAVELAS como o Mussumago, apartamentos sem REBOCO, com instalação hidráulica mega-imperfeita? Ah, doutor Cícero... As tuas gestões administrativas "é pra ninguém esquecer". Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

A redação da revolta HAHAHA

CLIQUE NA IMAGEM PARA LER O CONTEÚDO!!!!

Homem-anal: o ser pro-fundo!

Onde foi parar a bicha-louca? A bicha afetada, amaneirada, a bicha que falava fanho e fino, cheia de brilho na cara e lantejoulas pelas roupas? A bicha tipo retrô como o Crô da novela das nove? Aquela bicha que com seu estilo e comportamento desafiava a masculinidade dos motoristas de madame, dos lutadores de vale-tudo, dos 'homens-de-verdade'? De repente, lá no final dos anos 1970 uma artilharia discursiva começava a pôr fim à bicha louca. O argentino Nestor Perlongher, então, declarou a morte da homossexualidade, mas não o relacionamento homossexual. A bicha louca, como viu o francês Guy Hocquenghem, em Barcelona, tornar-se-ia no controlado macho pós-moderno que aceita dá o cu e fazer a barba do marido renegando o seu histórico, lançando-o para a lata do lixo da História a História de seus iguais. As bichas velhas, pois, contorcem-se todas ao ver que as bichas moderninhas, cheirando a normalidade não lhes dão confiança. Mas, há uma crise nisto tudo: nem a bicha-louca existe mais, nem o machão heterossexual como John Wayne ou Rock Hudson. Uma rápida passada em tela pelos bate-papos da vida e você se surpreenderá. A masculinidade virou moeda de troca. Não, não imagine que estou falando de bichas enrustidas, aquelas velhas de armário com mais pregas na cara do que na bunda, não! Estou falando mesmo é do HOMEM-ANAL. Sim, o homem-anal este que aceita ser penetrado em nome da macheza que professa, da normalidade que a prática homossexual alcançou, em nome da masculinidade pós-moderna. Dá o cu não causa mais espanto, nem intimida homens barbados e musculosos. Herdaram das bichas o desejo de tomar pela bunda. Entretanto, mais do que uma herança, é uma descoberta, uma aventura, uma pulsão. O homem-anal pode ser qualquer um: desde um velhinho que ficou viúvo e nunca tenha pensado em ter relações sexuais com outro homem e, de repente, experimenta e descobre novas possibilidades de prazer, até aquele que ao nascer parece trazer toda a genética do caos moderno. Negar a bicha e afirmar o homem-anal, passivo, eis a regra! Mas, evidentemente, isto não é uma regra inexorável. Há as travestis que embaralham tudo isto. Há as bichinhas afetadinhas que se do ponto de vista MORAL não são aceitas, mas é no escurinho da noite, na casa velha abandonada, numa moitinha que se revelam promissoras. O homem-anal é apenas uma ponte. O homem-anal descobriu que há uma infinidade de novas possibilidades de prazer. Tocar a barba de outro homem, sentir o seu cheiro acre, tocar as suas coxas quentes e sentir a estocada de um outro macho em seu traseiro pode ser compensador. As profundidades estão à flor da pele, emergentes que são provocam mudanças radicais e irreversíveis. As bichas-loucas como Tabu e Zazá e a bicha-louca como Madame Satã, talvez, não terão mais espaço no futuro... Talvez. Mas, sabe-se lá o que a História nos reserva? Até ontem os homossexuais eram tidos como doentes e hoje doentes são aqueles que não os aceitam: procurando, pois, consultórios clínicos a fim de entender melhor o que aconteceu com o mundo. Pelo visto, a História nos trará surpresas, naturalmente, das quais muitas indesejáveis. Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro: clique nos anunciantes

O cúmulo do absurdo: lojista pede organização a ladrões e assaltantes HA HA HA


Lula Coutão denuncia polícia HA HA HA


Hiper-gata deputada não quer ser chamada de Boneca Maquiada HA HA HA

Tanta beleza assim... Só um dia ouvi falar na literatura através da Beatriz de Dante. Mas, a deputada Daniela Ribeiro não é só um rostinho LINDÍSSIMO não... Que ela é uma hiper-gata nenhum marmanjo, nenhuma sapatão põe em xeque; que ela é atuante, corajosa, nenhum político tergiversará... Mas, ela recusou ser SÍMBOLO SEXUAL e mais ser chamada de Boneca Maquiada insinuações do ex-deputado cassado e homofóbico Walter Brito Neto que será sempre lembrado por sua incompetência parlamentar. Pois é, em resposta as insinuações cavilosas do ex-deputado, diz a santíssima Daniela: "Não estava falando de mim. Não me enquadro em nenhuma dessas palavras. Não vou tomar essas declarações dele como direcionadas a mim, pois nada do que ele disse me tocou". Pois é, eu não sou partidário de Daniela Ribeiro... Mas, sua beleza é extasiante... Que bela parahybana! Tenho dito!

*Ajude o blogueiro a ganhar dinheiro:clique nos anunciantes